Projeto "Bordando e compartilhando a existência"

 

Promoção de ambientes saudáveis no quilombo a partir dos problemas locais, da existência. Canoas, RS, 2009.

Foram capacitadas 30 mulheres da comunidade Quilombo Chácara das Rosas e 30 mulheres de outras comunidades carentes de Canoas.

Nesta oficina buscamos o resgate da tradição de plantio de ervas medicinais e de flores, atividade transgeracional que vinha desde tempos remotos do quilombo e foi interrompida. Articulação imediata das facilitadoras com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente proporcionou o resgate desta tradição por meio de curso de preparação de cremes, unguentos e sabonetes simultaneamente à oficina de bordados.

Criação da COOPERATIVA CAPÃO DE NÓS -  Economia criativa e geração de renda, resgate da autoestima e da inclusão.

A Cooperativa é integrada por mulheres em vulnerabilidade socioeconômica, egressas das oficinas de bordado Bordando o Brasil, coordenadas pelo Grupo Matizes Dumont. Atualmente a renda média mensal destas mulheres é de  R$ 700.

Impacto social: redução das condições de vulnerabilidade social, já que a formação da cooperativa ampliou as possibilidades de trabalho e renda, além de promover oportunidades de desenvolvimento das capacidades de cada artesã.