Deixe sua alma cantar...

Deixe sua alma cantar...

dezembro 17, 2020

 

 

 

 Descobre também as tuas e deixa tua alma cantar!”  (Hermógenes)

 

 

 

As palavras de hoje são de Hermógenes, que foi professor de Yoga. São simples e profundas como as linhas que, soltas e separadas, escondem o lindo bordado que vai surgir depois de reunidas e trabalhadas!

Por que os grilos anunciam o anoitecer e os pássaros cantam ao nascer do dia? E nós? Por que estamos aqui?

Desde crianças tivemos a liberdade de deixar nossa alma cantar. Ouvíamos mamãe cantar enquanto bordava ou tecia afazeres domésticos. Linha, agulha e imaginação eram ingredientes para dançarmos livres sobre o pano, bem antes do unicórnio ganhar status em Hollywood.

“Quem canta os males espanta”. Mesmo se o canto for triste, ao ser cantado, a tristeza esmaece, como um azul anil se desmanchando entre linhas até virar nuvem branquinha...o vento  traz, o vento leva! O importante é deixar a alma cantar...

O escritor russo Leon Tolstoi dizia: “se queres ser universal, comece por pintar a sua aldeia”. Puxando pra nossa conversa, eu digo: cante sua alma! A aldeia global de hoje faz forte pressão para sermos padronizados numa caixinha pré-moldada tipo McDonald’s. Para enriquecer esse caldo devemos pôr na roda o que temos de mais nosso, de mais brasileiro e, em nosso caso, de mais piraporense.

Nosso Grupo se universalizou. Tivemos até um belíssimo bordado (Pachamama) nas paredes da ONU, em 2009. Cada um de nós do Matizes canta sua alma com seu jeito próprio de bordar.

Todos temos um movimento a imprimir nas linhas da imaginação. Para bordar rostos, mãos e braços...é no meu colo que o pano cai. Brincadeiras em azuis também são comigo. Para os traçados, é para Demóstenes que o pano vai. Ele desafia os cinzas com escarlate. Sávia e Martha bordam com a força do sol e das cores do amanhecer.

E pra ver se tá bonito ou se pode melhorar, a gente afasta pra ver de longe...como tudo na vida, não é mesmo? O importante é deixar a alma cantar...

 

Acesse nossa coleção de gravuras

 

                                                                   

 



x
x